Chamada de Artigos

DOSSIÊ TRABALHO E VIOLÊNCIAS - CHAMADA INTERNACIONAL DE ARTIGOS

Revista Jurídica Trabalho e Desenvolvimento Humano – Revista da Procuradoria Regional do Trabalho da 15ª Região (RJTDH), publicação periódica cientifica voltada aos estudos interdisciplinares, teóricos ou empíricos, atinentes ao fenômeno social do trabalho como elemento do desenvolvimento humano, convida pesquisadores, preferentemente doutores ou pesquisadores inseridos em centros de pesquisa nacionais ou internacionais, para a submissão de artigos científicos para a seção especial Dossiê Trabalho e Violências.

A seção especial Dossiê Trabalho e Violências  será coordenada pelos Professores Doutores convidados Daniela Muradas Antunes (UFMG- Brasil), Hugo Barretto Ghione (UDELAR - Uruguai) e Maria José Romero Rodenas (UCLM- Espanha) e dedicar-se-á ao amplo tema da violência nas relações de trabalho, em todas as suas expressões, em razão da relevância e atualidade da matéria na agenda internacional para a promoção da cultura de paz e para a eliminação das violências e assédio nas relações de trabalho, especialmente com a recente adoção da Convenção 190 pela Organização Internacional do Trabalho, em um cenário de incremento da violência doméstica após a pandemia Covid-19 e persistentes práticas de misoginia, homofobia, racismo, xenofobia, entre outras violências.

O Dossiê Trabalho e Violências acolherá, em sua linha editorial, artigos científicos sobre todas as formas da violência nas relações de trabalho e emprego, inclusive as simbólicas e as estruturais do modo de produção capitalista, as várias dimensões da violência real, tais como as de ordem psicológica, física, sexual ou patrimonial, o assédio, inclusive sexual, as violências voltadas às ações coletivas, incluindo a repressão a protestos, criminalização das práticas sindicais, negociação coletiva e greve e abordagens com ênfase no tráfico de pessoas e trabalho em condições análogas de escravo, violências de gênero, raciais ou por origem nacional ou que tematizem vulnerabilidades outras no campo das relações de trabalho, como por exemplo, a imigração e o refúgio.

A proposta editorial contempla tanto debates teóricos, quanto estudos de casos, e estimula abordagens multidisciplinares, para incluir não apenas discussões sobre a ótica do direito, mas também por outras áreas das humanidades.

Os artigos devem conter, preferencialmente, entre 15 a 25 páginas, em fonte Times New Roman, tamanho 12, formato justificado e espaçamento de 1,5 e seguir os padrões editoriais referentes à composição do texto, contendo título (e traduções), resumos e palavras-chave (e traduções), introdução, desenvolvimento e considerações finais, além das referências.

Os parâmetros editoriais de formatação encontram-se acessíveis em Diretrizes para Autores.

Serão aceitos artigos em língua portuguesa e em inglês, espanhol, italiano, francês e alemão. Os artigos serão publicados em sua língua original.

O prazo final para submissão de artigos pela plataforma é o dia 31 de julho de 2022, com expectativa de publicação de toda a seção especial até o final do mês de setembro de 2022.

Seguindo o mesmo modelo adotado para submissões em geral, a RJTDH adotará para o Dossiê Trabalho e Violências a modalidade de publicação contínua. A publicação contínua ou rolling pass é a publicação de artigos tão logo sejam avaliados e aprovados, não sendo necessário aguardar o fechamento de todo o número especial e sua publicação integral de uma só vez. Para mais detalhes sobre o fluxo editorial de avaliação, clique aqui.

Em sua seção especial, a RJTDH aceitará trabalhos individuais ou realizados em co-autoria, por pesquisadores, preferentemente doutores ou pesquisadores participantes de centros de pesquisa. Não há limite no número de autores por artigo, mas ao menos um dos autores deverá ter, preferencialmente, o título de doutor(a). Admitem-se trabalhos de investigadores com vínculo com centros de pesquisa. Não serão aceitos trabalhos em que ao menos um dos coautores não detenha o título de mestre.

Será utilizado o método duplo cego (double-blind peer review) para admissibilidade de artigos e o manuscrito não deve conter quaisquer informações de autoria. Quando do ato de submissão, haverá espaço específico na Plataforma para inserção das informações pessoais sobre as autoras e autores. Sugere-se utilizar a ferramenta Inspecionar Documento para encontrar e remover dados ocultos e informações pessoais de documentos Word®   ou equivalente. 

No ato da submissão, autores e coautores devem se certificar de que preencheram, corretamente, os metadados da submissão, não deixando de fornecer os links de acesso para o Currículo Lattes e a página de registro ORCiD - respectivamente, nos campos "URL" e "ORCiD" -, bem como de apresentar, no campo “Biografia”, o(s) resumo(s) de qualificação profissional tal como sugerem seja observado em caso de publicação do trabalho. No caso de pesquisadores internacionais, basta a inserção do registro ORCID.


CHAMADA DE ARTIGOS EM FLUXO CONTÍNUO

Revista Jurídica Trabalho e Desenvolvimento Humano – Revista da Procuradoria Regional do Trabalho da 15ª Região (RJTDH) é uma publicação periódica que elege o fenômeno social do trabalho enquanto elemento do desenvolvimento humano como prioridade. Dedica-se a publicar estudos interdisciplinares, teóricos ou empíricos, atinentes às normas jurídicas e sua aplicação na sociedade. Busca fomentar reflexões rigorosas que possam orientar a redução das desigualdades materiais, com garantia de acesso de toda a população a um padrão de vida de qualidade e à observância de seus direitos básicos, sem discriminação por gênero, raça, idade ou orientação sexual.  

Desde o mês de maio de 2020 (Volume 3), a RJTDH adota a modalidade de publicação contínua. A publicação contínua ou rolling pass é a publicação de artigos conforme vão sendo aprovados. Passa a ser publicado um volume por ano, fechado ao final de dezembro, não mais havendo fascículos ou periodicidade semestral. 

Deste modo, a RJTDH convida pesquisadoras e pesquisadores do Brasil e de outros países, cuja investigação guarde relação com a política editorial da Revista, a submeterem artigos científicos e resenhas para avaliação, com vistas à publicação no ano corrente (v. 5, 2022).

Confira as regras para submissões e as diretrizes para autores.