Construir a visibilidade dos cânceres ocupacionais. Uma pesquisa permanente em Seine-Saint-Denis

  • Annie Thébaud-Mony Université Paris 13

Resumo

Desde 2003, a prevenção dos cânceres ocupacionais tem sido considerada como uma prioridade sanitária que supõe uma produção de conhecimentos mobilizáveis por estratégias de proteção de trabalhadores assalariados contra a exposição profissional às causas carcinogênicas. A primeira parte deste artigo questiona a interpretação das desigualdades relacionadas ao câncer e coloca em evidência os limites do modelo dominante de interpretação da causalidade do câncer, fundado sobre o papel exclusivo de fatores comportamentais. Apoiando-se sobre as características do câncer, doença que se insere em um longo e complexo processo, a autora demonstra a tripla invisibilidade socialmente construída do câncer relacionado ao trabalho: a ignorância tóxica, a invisibilidade física e a invisibilidade social. A segunda parte apresenta uma pesquisa para a ação realizada desde 2001 com pacientes com câncer em três hospitais de Seine-Saint-Denis com o objetivo de reconstruir suas carreiras profissionais, identificar carcinógenos nessas carreiras e monitorar procedimentos para reconhecimento como doenças ocupacionais. Após um breve histórico da constituição da rede interdisciplinar e interinstitucional em que se realiza esta pesquisa, a autora apresenta o método e os resultados. Coloca-se em evidência a significativa poli-exposição ocupacional aos carcinógenos dos 684 pacientes acompanhados no estudo. Surge então outra história de cânceres ocupacionais, que segue a história das mudanças no trabalho e na produção económica, pondo em causa o modelo de referência para o reconhecimento dos trabalhadores ou ex-trabalhadores com câncer como doenças ocupacionais. Em conclusão, a autora propõe que a reconstrução das vias ocupacionais e as histórias de exposição se tornem uma dimensão necessária dos registros departamentais de câncer, possibilitando determinar, em nível local, quais as prioridades e estratégias a serem implementadas para a proteção dos trabalhadores contra a exposição ocupacional a carcinógenos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Annie Thébaud-Mony, Université Paris 13

Doutora em Ciências Sociais e em Letras e Ciências Humanas pela Université René Descartes - Paris-V- Sorbonne. Pesquisadora especialista em saúde do trabalho emu ma perspectiva multidisciplinar. Fundadora e Ex-Diretora de Pesquisa no Instituto Nacional de Saude e Pesquisa Medica (INSERM) da Université Paris13, Bobigny, França.

Publicado
2020-07-10
Como Citar
Thébaud-Mony, A. (2020). Construir a visibilidade dos cânceres ocupacionais. Uma pesquisa permanente em Seine-Saint-Denis. Revista Jurídica Trabalho E Desenvolvimento Humano, 3. https://doi.org/10.33239/rjtdh.v3.29
Edição
Seção
Traduções